image

Data Center da multinacional angolana de telecomunicação torna-se ponto de interconexão na Amélia Latina Data Center da multinacional angolana de telecomunicações torna-se Ponto de Interconexão (PIX) na América Latina Situado na terceira cidade com maior e mais importante tráfego de internet no Brasil, com circulação de 227 gigabits de dados por segundo, o AngoNAP Fortaleza tornou-se, desde sexta-feira, um Ponto de Interconexão (PIX) na América Latina. Luanda, 2 de Setembro de 2019: A multinacional angolana de telecomunicações, Angola Cables, lançou, na sexta-feira, 30 de Agosto, o novo ponto de interligação ao PTT (Ponto de Troca de Tráfego), também conhecido como PIX, no seu recém-inaugurado Data Center, localizado no Brasil, em Fortaleza, Estado do Ceará. O PIX faz parte da malha de conectividade do IX.br (Brasil Internet Exchange) de Fortaleza, uma iniciativa do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), que promove a infra-estrutura necessária para a interligação directa, numa região metropolitana, de redes que participam da Internet no Brasil. Com este desenvolvimento, o tráfego de informações dos clientes da empresa ficará alojado num único ponto da região – ou seja o Data Center AngoNAP – e os clientes serão beneficiados com diversos outros serviços, como alta capacidade de tráfego de rede, IP trânsito de alta qualidade, acesso a redes de internet ao redor do globo, soluções de Cloud e a todo o ecossistema proporcionado pelo Data Center, assim como o acesso aos cabos submarinos Monet, SACS e WACS, que oferecem a menor latência entre os continentes africano, europeu e americano. “Considerando que a Angola Cables tem como propósito fomentar um completo HUB de Telecomunicações e um ecossistema de Tecnologias de Informação e Comunicação, dispomos agora de um PIX que vai tornar o Data Center um verdadeiro marketplace para os clientes da região”, disse António Nunes, CEO da Angola Cables. “O IX.br de Fortaleza tem-se consolidado como um dos maiores Pontos de Troca de Tráfego Internet na América Latina e, neste contexto, a inauguração do PIX da Angola Cables contribui para melhorar a qualidade da interligação entre as redes que formam a Internet, beneficiando não só a cidade de Fortaleza, mas toda a região”, destaca Milton Kaoru Kashiwakura, Diretor de Projetos Especiais e de Desenvolvimento do NIC.br. Dentro do PIX, os seus utilizadores tais como provedores de acesso à Internet e empresas de serviço de streaming estarão ligadas directamente a 174 outras redes.


image

Angolan telecommunication multinational data center becomes interconnection point in Latin Amelia Platinum Line Angolan telecommunications multinational data center becomes Latin American Interconnection Point (PIX) By: Platinum Line | Situated in the third city with the largest and most important internet traffic in Brazil, with a circulation of 227 gigabits of data per second, AngoNAP Fortaleza has become, since Friday, an Interconnection Point (PIX) in Latin America. Luanda, 2 September 2019: The Angolan telecommunications multinational, Angola Cables, launched on Friday 30 August the new interconnection point with PTT (Traffic Exchange Point), also known as PIX, in its recently opened Data Center, located in Brazil, in Fortaleza, State of Ceará. PIX is part of the connectivity network of IX.br (Brazil Internet Exchange) in Fortaleza, an initiative of the Brazilian Internet Steering Committee (CGI.br) and the Ponto BR Information and Coordination Center (NIC.br), which promotes the necessary infrastructure for the direct interconnection, in a metropolitan region, of networks that participate in the Internet in Brazil. With this development, the company's customer information traffic will be housed in a single point in the region - namely the AngoNAP Data Center - and customers will benefit from many other services such as high network traffic capacity, high quality IP traffic. , access to internet networks around the globe, Cloud solutions and the entire ecosystem provided by the Data Center, as well as access to Monet, SACS and WACS subsea cables, which offer the lowest latency between the African, European and American continents. . “Considering that Angola Cables aims to foster a complete Telecommunications HUB and an ICT ecosystem, we now have a PIX that will make the Data Center a true marketplace for customers in the region,” said António Nunes, CEO of Angola Cables. “Fortaleza IX.br has been consolidated as one of the largest Internet Traffic Exchange Points in Latin America and, in this context, the inauguration of Angola Cables PIX contributes to improve the quality of the interconnection between the networks that make up the Internet. , benefiting not only the city of Fortaleza, but the whole region, ”says Milton Kaoru Kashiwakura, Director of Special Projects and Development at NIC.br.Within PIX, your users such as internet service providers and streaming service companies will be connected directly to 174 other networks.


image
  • AVE $558
  • OTS 4,654

Platina Line

  • Online
  • 2 min

Data Center da multinacional angolana de telecomunicação torna-se ponto de interconexão na Amélia Latina

Data Center da multinacional angolana de telecomunicação torna-se ponto de interconexão na Amélia Latina Data Center da multinacional angolana de telecomunicações torna-se Ponto de Interconexão (PIX) na América Latina Situado na terceira cidade com maior e mais importante tráfego de internet no Brasil, com circulação de 227 gigabits de dados por segundo, o AngoNAP Fortaleza tornou-se, desde sexta-feira, um Ponto de Interconexão (PIX) na América Latina. Luanda, 2 de Setembro de 2019: A multinacional angolana de telecomunicações, Angola Cables, lançou, na sexta-feira, 30 de Agosto, o novo ponto de interligação ao PTT (Ponto de Troca de Tráfego), também conhecido como PIX, no seu recém-inaugurado Data Center, localizado no Brasil, em Fortaleza, Estado do Ceará. O PIX faz parte da malha de conectividade do IX.br (Brasil Internet Exchange) de Fortaleza, uma iniciativa do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), que promove a infra-estrutura necessária para a interligação directa, numa região metropolitana, de redes que participam da Internet no Brasil. Com este desenvolvimento, o tráfego de informações dos clientes da empresa ficará alojado num único ponto da região – ou seja o Data Center AngoNAP – e os clientes serão beneficiados com diversos outros serviços, como alta capacidade de tráfego de rede, IP trânsito de alta qualidade, acesso a redes de internet ao redor do globo, soluções de Cloud e a todo o ecossistema proporcionado pelo Data Center, assim como o acesso aos cabos submarinos Monet, SACS e WACS, que oferecem a menor latência entre os continentes africano, europeu e americano. “Considerando que a Angola Cables tem como propósito fomentar um completo HUB de Telecomunicações e um ecossistema de Tecnologias de Informação e Comunicação, dispomos agora de um PIX que vai tornar o Data Center um verdadeiro marketplace para os clientes da região”, disse António Nunes, CEO da Angola Cables. “O IX.br de Fortaleza tem-se consolidado como um dos maiores Pontos de Troca de Tráfego Internet na América Latina e, neste contexto, a inauguração do PIX da Angola Cables contribui para melhorar a qualidade da interligação entre as redes que formam a Internet, beneficiando não só a cidade de Fortaleza, mas toda a região”, destaca Milton Kaoru Kashiwakura, Diretor de Projetos Especiais e de Desenvolvimento do NIC.br. Dentro do PIX, os seus utilizadores tais como provedores de acesso à Internet e empresas de serviço de streaming estarão ligadas directamente a 174 outras redes.