image
  • AVE $38
  • OTS 316

Operadora Cables testa nova rota

  • Economia & Finanças
  • Online
  • 9/20/2019
  • 2 min

Operadora Cables testa nova rota A Angola Cables assinou, segunda-feira última, em Singapura, uma parceria com a TM Global, operadora da Malásia, para a realização de testes de baixa lactência que permitem em breve oferecer ao mercado uma rota mais curta que ligará a Ásia à América do Sul através do SACS e do cabo SAFE-South Africa Far East cable system, connecting. A parceria é particularmente transformadora por permitir ao mercado asiático uma nova opção “Sul-Sul “para redireccionar o seu tráfego de internet que, actualmente, passa pelo Norte entre a Europa e a América do Norte para chegar aos mercados sul-americanos, afectando consideravelmente a experiência dos consumidores finais nos dois mercados. A assinatura do acordo coloca Angola e África no centro das trocas comerciais entre as economias das duas regiões, tendo em conta os mais de mil milhões de utilizadores de internet catalogados nos dois lados. Os resultados dos testes preliminares provam que uma ligação de tráfego de internet “Sul- Sul” apresenta uma redução considerável da lactência, comparativamente às rotas usadas actualmente pelo norte, uma opção que quando comercialmente disponível, será um importante produto comercial para a Angola Cables possibilitando uma conexão mais robusta e eficiente entre os provedores de internet, provedores de conteúdos e aplicações e provedores de redes de distribuição do ponto de vista do processo de partilha de dados. A Angola Cables é uma multinacional angolana focada na venda de soluções para infra-estruturas de Data Center, venda de Conectividade, serviços Cloud para IP Providers e ISp's para o sector corporativo com necessidades de serviços e conexões digitais. Actualmente opera o sistemas de cabos SACS, Monet e WACS e gere dois data centers, o Ango NAP (Angola) e o AngoNAP (Brasil).