image
  • AVE $38
  • OTS 316

Operadora Cables testa nova rota

  • Economia & Finanças
  • Online
  • 9/20/2019 11:53 AM
  • 2 min

Operadora Cables testa nova rota A Angola Cables assinou, segunda-feira última, em Singapura, uma parceria com a TM Global, operadora da Malásia, para a realização de testes de baixa lactência que permitem em breve oferecer ao mercado uma rota mais curta que ligará a Ásia à América do Sul através do SACS e do cabo SAFE-South Africa Far East cable system, connecting. A parceria é particularmente transformadora por permitir ao mercado asiático uma nova opção “Sul-Sul “para redireccionar o seu tráfego de internet que, actualmente, passa pelo Norte entre a Europa e a América do Norte para chegar aos mercados sul-americanos, afectando consideravelmente a experiência dos consumidores finais nos dois mercados. A assinatura do acordo coloca Angola e África no centro das trocas comerciais entre as economias das duas regiões, tendo em conta os mais de mil milhões de utilizadores de internet catalogados nos dois lados. Os resultados dos testes preliminares provam que uma ligação de tráfego de internet “Sul- Sul” apresenta uma redução considerável da lactência, comparativamente às rotas usadas actualmente pelo norte, uma opção que quando comercialmente disponível, será um importante produto comercial para a Angola Cables possibilitando uma conexão mais robusta e eficiente entre os provedores de internet, provedores de conteúdos e aplicações e provedores de redes de distribuição do ponto de vista do processo de partilha de dados. A Angola Cables é uma multinacional angolana focada na venda de soluções para infra-estruturas de Data Center, venda de Conectividade, serviços Cloud para IP Providers e ISp's para o sector corporativo com necessidades de serviços e conexões digitais. Actualmente opera o sistemas de cabos SACS, Monet e WACS e gere dois data centers, o Ango NAP (Angola) e o AngoNAP (Brasil).


image
  • AVE $38
  • OTS 316

Cables operator tests new route

  • Economia & Finanças
  • Online
  • 9/20/2019 11:53 AM
  • 2 min

Cables operator tests new route Economy Journal Last Monday, Angola Cables signed a partnership with Singapore operator TM Global in Singapore to conduct low-lactation tests that will soon provide the market with a shorter route that will link Asia to South America. South through SACS and SAFE-South Africa cable Far East cable system, connecting. The partnership is particularly transformative as it allows the Asian market a new “South-South” option to redirect its Internet traffic that currently travels north between Europe and North America to reach South American markets, affecting considerably the experience of end consumers in both markets. The signing of the agreement places Angola and Africa at the center of trade between the economies of both regions, taking into account the more than 1 billion Internet users cataloged on both sides. Preliminary test results prove that a “South-South” internet traffic connection has a considerable reduction in latency compared to routes currently used in the north, an option which when commercially available will be an important commercial product for Angola Cables enabling a more robust and efficient connection between ISPs, content and application providers and distribution network providers from the point of view of the data sharing process. Angola Cables is an Angolan multinational focused on selling data center infrastructure solutions, selling connectivity, cloud services for IP Providers and ISp's for the corporate sector with digital connection and service needs. It currently operates the SACS, Monet and WACS cable systems and manages two data centers, Ango NAP (Angola) and AngoNAP (Brazil). tags


image
  • AVE $38
  • OTS 316

Economia & Finanças

  • Online
  • 2 min

Operadora Cables testa nova rota

Operadora Cables testa nova rota A Angola Cables assinou, segunda-feira última, em Singapura, uma parceria com a TM Global, operadora da Malásia, para a realização de testes de baixa lactência que permitem em breve oferecer ao mercado uma rota mais curta que ligará a Ásia à América do Sul através do SACS e do cabo SAFE-South Africa Far East cable system, connecting. A parceria é particularmente transformadora por permitir ao mercado asiático uma nova opção “Sul-Sul “para redireccionar o seu tráfego de internet que, actualmente, passa pelo Norte entre a Europa e a América do Norte para chegar aos mercados sul-americanos, afectando consideravelmente a experiência dos consumidores finais nos dois mercados. A assinatura do acordo coloca Angola e África no centro das trocas comerciais entre as economias das duas regiões, tendo em conta os mais de mil milhões de utilizadores de internet catalogados nos dois lados. Os resultados dos testes preliminares provam que uma ligação de tráfego de internet “Sul- Sul” apresenta uma redução considerável da lactência, comparativamente às rotas usadas actualmente pelo norte, uma opção que quando comercialmente disponível, será um importante produto comercial para a Angola Cables possibilitando uma conexão mais robusta e eficiente entre os provedores de internet, provedores de conteúdos e aplicações e provedores de redes de distribuição do ponto de vista do processo de partilha de dados. A Angola Cables é uma multinacional angolana focada na venda de soluções para infra-estruturas de Data Center, venda de Conectividade, serviços Cloud para IP Providers e ISp's para o sector corporativo com necessidades de serviços e conexões digitais. Actualmente opera o sistemas de cabos SACS, Monet e WACS e gere dois data centers, o Ango NAP (Angola) e o AngoNAP (Brasil).